Entregas grátis em encomendas acima de 30€.
Contacte-nos se precisar de ajuda.

Quem somos?

    Tudo começou no século XVIII com as “indiennes”, os tecidos estampados provenientes da Índia, que tanto nos inspiraram, especialmente na Alsácia. Em 1746 Jean-Henri Dollfus criou com outros dois empresários de Mulhouse, uma empresa dedicada ao negócio dos tecidos.
     
    Jean-Henri Dollfus criou uma tecelagem e depois uma fiação, à qual deu impulso até ao nosso terceiro milénio.
    Durante todo o século XIX os produtos evoluíram e a fiação adquiriu uma importância considerável. Assim a especialização em fios para lavores foi rápida.
    Portanto a produção do primeiro fio de algodão remonta à família Dollfus, que o distribuiu por todo o mundo.
    Hoje em dia a empresa de Mulhouse, DMC, é um grupo internacional, que exporta em mais de sessenta países dos 5 continentes. 70% do nosso volume de negócios é produzido na nossa fábrica localizada em Mulhouse. A sua alma mater é a produção de fios destinados aos consumidores e à indústria têxtil, assim como a diversos produtos derivados.
    Dada a sua história e a evolução permanente das expetativas dos seus consumidores, o êxito constante dos produtos DMC no mundo baseia-se na mobilização de todos os seus empregados e no seu know-how específico na produção e comercialização de produtos específicos.
     
    A todo o momento a qualidade superior dos produtos, a satisfação do cliente, a responsabilidade social, a inovação e a criatividade, bem como a consideração das obrigações meio-ambientais devem conservar os valores fundamentais partilhados, que guiam a DMC na sua evolução, ao serviço dos consumidores.
    Questão: Mouliné, o produto estrela da DMC
    Sabia que se bordam 200 milhões de meadas de fio Mouliné Art. 117MC ao ano?
    Ou seja 8 m x 200 milhões = 1600 milhões de metros ou 1,6 milhões de quilómetros.
    Portanto, quantas vezes dá o Mouliné a volta à terra?
    (Resposta: 40 vezes)